Cacau Show terá de explicar promoção

Empresa está sendo investigada pelo Procon por ter feito propaganda de produto esgotado
21 de agosto de 2012 | 09:49

A Cacau Show corre o risco de ser multada em até R$ 6.5 milhões pelo Procon-SP por propaganda enganosa e abusiva. A empresa foi notificada ontem e terá de dar explicações sobre a promoção Divertida Fábrica de Chocolate até sexta-feira.

O Procon está investigando irregularidades na promoção identificadas por consumidores, que reclamaram sobre a falta do produto Chocolate Carrossel nas lojas da Cacau Show. O produto era o único que continha seis bilhetes que, se fossem os premiados, dariam aos contemplados uma visita à fábrica da empresa e acesso às gravações da novela "Carrossel", do SBT. A promoção deveria durar até o dia 31 de agosto, mas o Chocolate sumiu das lojas devido à grande procura. A publicidade, no entanto, continuou sendo veiculada no site da empresa e nos intervalos da novela

Na página da empresa na rede social Facebook, consumidores escreveram comentários cobrando seriedade da campanha.“Quando vocês lançaram a promoção do bilhete premiado, pensaram que estavam mexendo com crianças e seus sonhos? Assim como muitas crianças a minha filha está doente por causa desse chocolate. Hoje mais uma vez fui até a loja para comprar e fui informada que está esgotado. Como, se a propaganda continua?", reclama uma mãe.

Em nota, a Cacau Show informou que até o dia 13 de agosto foram vendidos mais de 60% dos chocolates e que solicitou a interrupção da publicidade. Diz ainda que o produto não será reposto devido ao sistema de numeração que não possibilita novas impressões. O anúncio no site da empresa foi alterado e agora divulga uma segunda promoção a ser realizada em outubro.

De acordo com o Procon-SP, há a possibilidade de a empresa ter alterado a publicidade quando soube que seria notificada. "Quando há indícios de que a propaganda é enganosa e abusiva e a empresa toma conhecimento da notificação, ela mesma faz a alteração", diz o diretor de fiscalização do Procon-SP, Márcio Marcucci. Ele explica que o órgão deve levar no máximo um mês para investigar o caso. A entrega dos documentos no prazo e a retirada da publicidade podem diminuir a multa que, por se tratar de uma empresa grande, deverá ser no valor máximo.

A Cacau Show informa que se compromete a prestar os "esclarecimentos solicitados",

Seção: Defesa do Consumidor

Fornecedor: Lupa Clipping

Por: MARIANA TOKARNIA - Especial para o Jornal da Tarde

Fonte: Jornal da Tarde / São Paulo em 21 de agosto de 2012 09:45

Pesquisar Tags:

Cacau Show, PROCON-SP, promoção, Divertida Fábrica de Chocolate, Chocolate Carrossel


Permalink |

Comentários

Deixe um comentário