Exportações de alimentos e bebidas industrializados do Brasil crescem 77,1% e atingem a marca de US$ 49,5 MI em 2016

Resultado refere-se às vendas externas concretizadas no ano passado pelas pequenas e médias empresas integrantes do Projeto Brazilian Flavors (da A.B.B.A., apoiado pela Apex-Brasil) decorrentes de ações desenvolvidas pelo Projeto
5 de março de 2017 | 19:59

O Projeto Setorial Brazilian Flavors (BF), desenvolvido e gerenciado pela A.B.B.A. (Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas), com o apoio da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), fechou 2016 com o total de US$ 49,5 milhões exportados, para 62 diferentes destinos, resultado considerado extremamente positivo, principalmente considerando as dificuldades que a crise econômica do país impôs ao setor produtivo. Esse desempenho das empresas integrantes do Brazilian Flavors (micros, pequenas e médias empresas produtoras de alimentos e bebidas industrializados com diferenciais de qualidade e apelo de brasilidade) representa um aumento de 77,1% nas exportações do projeto em relação ao ano anterior.

O Brazilian Flavors  tem o objetivo de abrir oportunidades e fomentar os negócios no varejo internacional para os Alimentos e Bebidas brasileiros processados, secos, resfriados ou congelados, produzidos por pequenas e médias empresas. São produtos que refletem a diversidade da culinária brasileira,  ingredientes de alta qualidade, predominantemente saudáveis e naturais, em preparações que transmitem a “brasilidade” através de sabores únicos. Estes atributos são muito valorizados pelos consumidores internacionais, sendo iguarias classificadas nas categorias de produtos “premium”, “specialty” ou “gourmet” nos diferentes mercados.

Ações e vitrine digital

Para o novo biênio que se iniciará (2017/ 2019), o Projeto focará as ações promocionais de apoio às suas atuais 50 empresas Associadas (e novas entrantes) nos mercados alvo selecionados. Segundo Raquel de Almeida Salgado, presidente-executiva da A.B.B.A. e gerente do Brazilian Flavors, entre as ações previstas para os próximos dois anos estão a realização de Projetos Compradores para promover a vinda de Agentes Comerciais ao Brasil; desenvolvimento de ações de pontos de venda em lojas de redes internacionais nos países destino; participações em feiras mundiais de relevância, entre outras. “Vamos também reforçar as ações voltadas às empresas iniciantes nas exportações e as iniciadas para ampliar as suas maturidades exportadoras”, explica a presidente-executiva, destacando ainda o lançamento de uma vitrine digital dos produtos representados pelo Brazilian Flavors, em breve. “Vamos lançar em breve essa nova plataforma de negócios, que reforçará o suporte de inteligência de mercado do nosso Projeto, pois abrirá canais diretos das empresas com os mercados internacionais”, adianta Raquel.

Em sintonia com a nova campanha “Be Brazil”, lançada pela Apex-Brasil, o Projeto Brazilian Flavors se apresentará como um protagonista nos desafios de mostrar ao mundo um Brasil diferente e apaixonante, capaz de surpreender os paladares mais exigentes, desfazendo estereótipos e conquistando corações. Assim, nas suas ações promocionais presenciais e virtuais convidará os consumidores ao redor do mundo: “Be Brazilian Flavors”.

Por: Norma Ramos

Fonte: ApexBrasil em 5 de março de 2017 19:57

Pesquisar Tags:

Apex-Brasil, Projeto Brazilian Flavors


Permalink |

Comentários

Deixe um comentário