Growlers: Veja quais cuidados ter com seus garrafões retornáveis cervejeiros

Gabi Demozzi, sommelière da rede Mestre-Cervejeiro.com, dá dicas de como conservar da maneira mais adequada o recipiente
20 de agosto de 2017 | 18:19

Os Growlers, garrafões retornáveis feitos de cerâmica, vidro ou até inox, são feitos com tampas de pressão ou rosqueáveis que permitem ao consumidor transportar o chope fresco, para onde quiser, evitando que se percam qualidades importantes da bebida, como carbonatação, frescor, aroma e sabor. Suas capacidades variam de meio a cinco litros. Dentro desses garrafões, a bebida se mantém própria para consumo por, aproximadamente, uma semana - desde que enchidos e armazenados corretamente. Após aberto, é recomendável que o consumo seja imediato.

Eles são muito comuns em países europeus e também nos Estados Unidos, nas regiões em que já está enraizada a cultura cervejeira como um todo e, em especial, a cultura do Beba Local. ​​​No Brasil, ainda são poucos os locais que os vendem e abastecem esses garrafões - embora esses pontos estejam crescendo gradativamente.

“Esses conceitos do Beba Local e da utilização dos growlers são cada vez mais fortes no mundo todo e, no Brasil, estamos tomando cada vez mais consciência dos benefícios dessas práticas. Claro que conhecer cervejas novas, importadas de diversos países - envasadas em garrafas e latas com rótulos e modelos que enchem os olhos -, também é uma delícia e uma experiência muito rica, mas, ao valorizar também o consumo de bebidas produzidas na região onde ela é comercializada, retirando da fonte ou em pontos de vendas próximos, consegue-se um produto muito mais fresco e com as características originais bem menos impactadas”, afirma Gabi Demozzi, sommelière de cervejas da rede Mestre-Cervejeiro.com.

Em termos ecológicos e econômicos, essas práticas também são bastante atrativas. “Como são vendas por litro, conseguimos chegar a um preço muito mais atraente na venda e, ainda, evitar os desperdícios de embalagens. Além disso, consumindo um produto local, você ainda ajuda a fortalecer a cervejaria daquela região”, continua Gabi.

Nas lojas da rede Mestre-Cervejeiro.com é possível encontrar dois modelos de growlers de dois litros, um de cerâmica e outro de vidro, além dos growlers PETs. Comprando os garrafões já cheios, em algumas das lojas, os clientes ganham descontos especiais no valor final. Nas lojas de cada região, há opções de produtos de cervejarias locais. “Somos apoiadores do Beba Local e queremos ampliar cada vez mais esse conceito em nossas lojas, ajudando a conscientizar os nossos consumidores sobre a importância e os benefícios dessa prática”, pontua Demozzi.

Mas você sabe como cuidar do seu Growler para prolongar o tempo de uso dele? Os cuidados adequados permitem uma conservação melhor, tanto do garrafão quanto da cerveja armazenada dentro do vasilhame.

Veja abaixo algumas dicas da rede Mestre-Cervejeiro.com:

 

1. Como limpar adequadamente?

Lavar com água corrente ou com água quente logo após a utilização. Se optar lavar com água quente, não coloque o vasilhame imediatamente em contato com superfície fria (o que poderia causar fissuras devido ao choque térmico). Caso demore um pouco para fazer a higienização, usar água com 1% de ácido peracético ou detergente. Se optar por utilizar algum desses dois produtos de limpeza, apenas tenha a certeza de que ele seja totalmente removido antes de entrar em contato com a cerveja.

Obs: É recomendado limpar tanto o interior quanto o exterior do growler, bem como o anel de vedação da tampa, que deve ser retirado para limpeza e depois recolocado. Importante: Não colocar o anel de vedação em contato com água ou líquidos quentes ou materiais abrasivos. Tome cuidado para colocá-lo na mesma posição que estava originalmente, sem deixar nenhuma fresta, para evitar vazamentos na próxima vez que encher o growler.


 

2. Como armazenar?

Quando vazios, armazená-los longe de áreas com umidade, ou seja, mantê-los sempre em locais secos, limpos e livre de odores. Guardá-lo seco, mantendo a tampa aberta para evitar o desenvolvimento de bolores e mofos e o consequente mau cheiro no seu interior. Se colocá-lo em contato com água fervente, não o coloque imediatamente em superfícies frias. Isso pode causar um choque térmico.

Quando cheios, o armazenamento deverá ser feito em local refrigerado, também seco, limpo, livre de odores, e especialmente, ao abrigo de luz.

 

3. Quais são os cuidados que se deve ter no transporte dos growlers?

Evitar qualquer tipo de batida ou queda do growler, principalmente se ele for de cerâmica ou de vidro. O choque pode trincar ou, até, gerar microfissuras quase imperceptíveis mas que podem fazer com que o garrafão quebre quando for enchido sob pressão. Ao transportar mais de uma peça, tomar cuidado para que estejam isoladas para que uma garrafa não bata na outra. Evite a exposição, direta ou indireta,  a fontes de calor.

Cuidado 1: se o growler estiver cheio de cerveja gelada e for apoiado em uma superfície quente, ele também poderá quebrar.

 

Cuidado 2: não encha o growler de cerâmica em equipamentos de contra-pressão.

 

4. Qual é o tempo máximo de uso / prazo de validade dos growlers?

Eles costumam ter uma vida útil muito longa e a validade do produto final é indeterminada, se o usuário do produto tomar todas as precauções necessárias para sua preservação no momento da higienização, armazenamento e transporte.

 

5. Por quanto tempo a cerveja pode ficar dentro do growler de cerâmica?

Se for envasado sem pressão, até 10 dias. Se for envasado por contrapressão, é possível armazená-la por até um mês. Independentemente da técnica de envase, após aberto, deve-se consumir em até 48h. Mas o ideal é consumir o quanto antes.

 

6. Qual growler mantém a temperatura da cerveja por mais tempo?

A cerâmica tem uma troca térmica mais lenta que os outros recipientes sem cápsula térmica, é uma característica do material, aumentando o tempo da cerveja com a temperatura mais baixa.

 

7. O growler interfere de alguma forma nas características da cerveja?

Não interfere se, quando vazio, tiver sido limpo e armazenado nas condições ideias. Quando cheio, haverá alteração da cerveja apenas se o garrafão for exposto ao sol, ou temperaturas elevadas, o que pode trazer aromas e gostos indesejados à cerveja. Aqui, a cerâmica também leva vantagem. A incidência de luz sobre a bebida armazenada nesse tipo de material é zero e isso contribui muito na conservação, mantendo as características originais do produto por um período de tempo maior.

Outras curiosidades: os growlers de vidro apresentam a maior variedade de tamanhos (os mais comuns variam entre 1L e 3L ) e formas de fechamento (tampa flip-top e rosca).

Além dos growlers e das torneiras de chopes disponíveis para enchê-los, também é possível encontrar, nas lojas da rede Mestre-Cervejeiro.com, profissionais capacitados que auxiliarão os clientes no momento da escolha do produto e cuidados para conservação do produto. Para mais informações, acesse - www.mestre-cervejeiro.com

Por: Maria Luiza Malagrino

Fonte: Mestre-Cervejeiro em 20 de agosto de 2017 18:17

Pesquisar Tags:

growler, Mestre-Cervejeiro, cerveja


Permalink |

Comentários

Deixe um comentário
  • Coluna Do Editor

    ...e aqui estamos nós, em 2017!

    Leticia Evelyn Oliva-Cowell
    23 de janeiro de 2017 01:25
    Industria de Alimentos em 2017, nós estaremos acompanhando.